Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21467
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-3138-6992
Document type: Trabalho de Conclusão de Residência
Access type: Acesso Embargado
Title: Combinação da amplitude de distribuição dos glóbulos vermelhos e do índice de massa corporal (COR-IMC) prediz mortalidade intra-hospitalar em pacientes com diferentes diagnósticos?
Alternate title (s): Combination of red blood cell distribution width and body mass index (COR-BMI) predicts in-hospital mortality in patients with different diagnoses?
Author: Ferreira, Isabela Borges
Lima, Emanuelle do Nascimento Santos
Silva, Nayara Cristina da
Prestes, Isaías Valente
First Advisor: Pena, Geórgia das Graças
First member of the Committee: Azeredo, Catarina Machado
Second member of the Committee: Japur, Camila Cremonezi
Third member of the Committee: Rinaldi, Ana Elisa Madalena
Summary: Introdução: O COR-IMC (combinação da amplitude de distribuição dos glóbulos vermelhos e do índice de massa corporal) é apontado como um novo índice prognóstico de sobrevivência em pacientes com câncer de laringe. Entretanto, ainda não se sabe sobre a capacidade dessa predição em outros tipos de câncer ou se a sua utilização pode ser expandida para pacientes não oncológicos. O objetivo deste estudo foi investigar a capacidade de predição de mortalidade intra-hospitalar do COR-IMC em pacientes oncológicos e não oncológicos. Método: Foi realizado estudo retrospectivo com todos os pacientes internados entre 2014 a 2016, totalizando 2930 pacientes, 262 oncológicos e 2668 não oncológicos. O COR-IMC foi dividido em três categorias: 0- RDW ≤ 13.1 e IMC ≥ 25; 1- RDW ≤ 13.1 e IMC < 18.5 ou ≥ 18.5 < 25 e RDW > 13.1 e IMC ≥ 18.5 < 25 ou IMC ≥ 25; 2- RDW > 13.1 e IMC < 18.5. Para analisar a relação entre COR-IMC e mortalidade intra-hospitalar na população estudada, foi utilizado o modelo de riscos proporcionais de Cox, em análise multivariada, baseado em modelo conceitual. Resultados: COR-IMC foi preditor independente de mortalidade intra-hospitalar nos pacientes não oncológicos (HR= 2,84; IC: 1,28-6,31). A taxa de sobrevivência dos pacientes foi menor com a maior pontuação no COR-IMC. Essa predição não foi encontrada nos pacientes oncológicos. Conclusão: o presente estudo sugere que o COR-IMC pode ter sua utilização prática expandida para os pacientes não oncológicos sendo um indicador prognóstico independente de mortalidade intra-hospitalar.
Abstract: Background: COR-BMI (combination of red blood cell distribution width and body mass index) is indicated as a new prognostic index of survival in patients with laryngeal cancer. However, it is not yet known about the ability of this prediction in other types of cancer or whether its use can be expanded to non-oncological patients. The aim of this study was to investigate the in-hospital mortality prediction of COR-BMI in oncological and non-oncological patients. Method: A retrospective study was performed with all hospitalized patients between 2014 and 2016, totaling 2930 patients, 262 oncological and 2668 non-oncological. COR-BMI was divided into three categories: 0- RDW ≤ 13.1 and BMI ≥ 25; 1- RDW ≤ 13.1 and BMI <18.5 or ≥ 18.5 <25 and RDW > 13.1 and BMI ≥ 18.5 < 25 or BMI ≥ 25; 2- RDW > 13.1 and BMI <18.5. In order to analyze the relationship between COR-BMI and in-hospital mortality in the studied population, the Cox proportional hazards model was used in a multivariate analysis based on a conceptual model. Results: COR-BMI was an independent predictor of in-hospital mortality in non-oncological patients (HR = 2,84; CI: 1,28-6,31). The survival rate of patients was lower with the highest score in COR-BMI. This prediction was not found in oncological patients. Conclusion: the present study suggests that COR-BMI may have its expanded practical use for non-oncological patients being an independent prognostic indicator of in-hospital mortality.
Keywords: Inflamação
Inflammation
Estado nutricional
Nutritional status
Mortalidade hospitalar
Hospital mortality
Prognóstico
Prognosis
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: FERREIRA, Isabela Borges. Combinação da amplitude de distribuição dos glóbulos vermelhos e do índice de massa corporal (COR-IMC) prediz mortalidade intra-hospitalar em pacientes com diferentes diagnósticos? 2018. 17 f. Trabalho de Conclusão de Residência (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21467
Date of defense: 10-May-2018
Appears in Collections:TCR - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CombinaçãoAmplitudeDistribuição.pdf
  Until 2022-05-28
TCR1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.