Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27157
Document type: Trabalho de Conclusão de Residência
Access type: Acesso Embargado
Title: Descrição da técnica de ressecção lateral do conduto auditivo no tratamento de otite externa em três equinos
Author: Paim, Kamila Pinheiro
First Advisor: Nogueira, Geison Morel
First member of the Committee: Delfiol, Diego José Zanzarini
Second member of the Committee: Mota, Francisco Cláudio Dantas
Summary: A otite externa é uma enfermidade inflamatória e/ou infecciosa do canal auditivo e pavilhão auricular externo que tem como principais causas aumento de umidade e presença de carrapatos associada a infecções bacterianas secundárias. São sinais clínicos frequentes a presença de secreção purulenta, carrapatos e sensibilidade dolorosa na região do conduto auditivo. Casos crônicos e recorrentes de otite externa podem levar a estenose do canal auditivo, otite média e a quadros de síndrome vestibular. O tratamento é realizado com antibioticoterapia sistêmica de amplo espectro, antiinflamatórios e limpeza local. Contudo, em casos onde há estenose do canal, deve-se associar a terapia cirúrgica, para que seja possível a drenagem do conteúdo purulento e acesso ao mesmo. O objetivo desse trabalho foi relatar a utilização da técnica de ressecção lateral do conduto auditivo no tratamento de otite externa em três equinos com presença de estenose parcial e total do conduto auditivo externo. Os equinos apresentavam os seguintes sinais clínicos em comum: secreção purulenta fétida drenando do ouvido, estenose do conduto auditivo, movimentos de cabeça, presença de carrapatos e sensibilidade a palpação. O tratamento indicado para esses animais foi cirúrgico, e para isso foram submetidos a anestesia geral inalatória para realização da ressecção lateral do conduto auditivo. Após tricotomia e antissepsia da região foi procedida uma incisão de pele em forma de “U”, sobre a porção vertical do canal, divulsão da pele e subcutâneo, excisão do retalho de cartilagem e sutura em padrão de pontos simples contínuos do epitélio do conduto auditivo com a pele. Foi instituído tratamento com antibiótico, anti-inflamatório e limpeza diária. Houve recuperação completa nos três casos em duas semanas em média. A técnica de ressecção lateral do conduto auditivo nos três equinos atendidos foi importante para o tratamento da otite externa e correção da estenose, permitindo o acesso ao canal para limpeza e drenagem do conteúdo, auxiliando na recuperação dos animais.
Abstract: Otitis externa is an inflammatory and/or infectious disease of the external ear canal and outer ear that has as main causes increased humidity and the presence of ticks associated with secondary bacterial infections. Presence of purulent secretion and painful tenderness in the region of the ear are frequent clinical signs. Chronic and recurrent cases of otitis externa may lead to auditory canal stenosis, otitis media, and vestibular syndrome. The treatment is performed with broad-spectrum systemic antibiotic, anti-inflammatories and local cleaning. However, in cases where there is stenosis of the canal, surgical therapy is recommended, because it allows access to the canal and drainage of the purulent contents. The objective of this study was to report the use of lateral resection of the auditory canal in the treatment of otitis externa in three horses with partial and total stenosis of the external ear canal. The three horses had the following clinical signs in common: fetid purulent secretion draining from the ear, stenosis of the auditory canal, head shaking and tenderness to palpation of the ear. The treatment indicated for these animals was surgical, so they underwent general inhalation anesthesia to perform the lateral resection of the auditory canal. After shaving and antisepsis of the region, a U-shaped skin incision was performed on the vertical portion of the canal, skin and subcutaneous was bluntly dissected with scissors and a cartilage flap was excised, followed by suture of the auditory canal epithelium with the skin in a simple continuous suture pattern. Antibiotic, anti-inflammatory and daily cleansing treatment was instituted. There was complete recovery in all three cases in two weeks on average. The technique of lateral resection of the auditory canal in the three equines was important for the treatment of otitis externa, allowing access to the canal for cleaning and drainage of secretion, aiding in the recovery of the animals.
Keywords: Otite externa
Estenose
Canal auditivo
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL::CLINICA CIRURGICA ANIMAL
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: Descrição da técnica de ressecção lateral do conduto auditivo no tratamento de otite externa em três equinos. 2018. 11 f. Trabalho de Conclusão de Residência (Clínica Cirúrgica de Grandes Animais) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27157
Date of defense: 7-Mar-2018
Appears in Collections:TCR - Ciências Veterinária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DescriçãoTécnicaRessecção.pdf542.86 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons