Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15546
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorJerônimo, Serginei Vasconcelos-
dc.date.accessioned2016-06-22T18:42:46Z-
dc.date.available2012-03-09-
dc.date.available2016-06-22T18:42:46Z-
dc.date.issued2011-09-15-
dc.identifier.citationJERÔNIMO, Serginei Vasconcelos. O trivium como método propedêutico do ensino de filosofia no ensino médio. 2011. 91 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011. DOI https://doi.org/10.14393/ufu.di.2011.106por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15546-
dc.description.abstractThis work aims to rescue a teaching method widespread in the Middle Ages, the trivium (logic, grammar and rhetoric) starting from the current reality of Brazilian education focused on philosophy. Our students are doing very poorly in the tests produced by the MEC, as have many difficulties in reading and writing. Without this problem solved teaching philosophy also becomes impossible. Since this subject is present in a mandatory national curriculum, we have this debate on how their teaching is possible and from where. We propose the trivium as a method in this work and make a whole path of the lifting of the problem faced by teachers of philosophy to a possible solution. In the introduction I present data on tests performed by the MEC and the PISA, for students of basic education, focusing on (a) 8 th / 9, in general, and the State School Hortêncio Diniz (school where I work as a teacher philosophy), in a specific way. The first chapter presents the program guiding the MEC in relation to its assessment, and the three arts of the trivium that are in line with the program. In the second chapter, I explore historically the trivium, the method and the implications of using the trivium as a method for a liberal education and the teaching of philosophy. In the third chapter, I ask a "philosophical license" to reflect a little more the relation between philosophy and education.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEnsino de filosofiapor
dc.subjectMétodo Triviumpor
dc.subjectPhilosophyeng
dc.subjectTeaching philosophyeng
dc.subjectMethodeng
dc.subjectFilosofia - Estudo e ensinopor
dc.titleO trivium como método propedêutico do ensino de filosofia no ensino médiopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Soares, Alexandre Guimarães Tadeu de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4723469J9por
dc.contributor.referee1Schulz, Almiro-
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4767523T8por
dc.contributor.referee2Said, Ana Maria-
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4778597D6por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4220264J4por
dc.description.degreenameMestre em Filosofiapor
dc.description.resumoEste trabalho visa o resgate de um método de ensino muito difundido na Idade Média, o trivium (lógica, gramática e retórica) partindo da realidade atual da educação brasileira com enfoque na Filosofia. Nossos alunos estão indo muito mal nos testes produzidos pelo MEC, pois têm muitas dificuldades em leitura e escrita. Sem este problema sanado o ensino de Filosofia também se torna inviável. Uma vez que esta disciplina está presente nos currículos nacionais de forma obrigatória, temos que realizar este debate de como é possível o seu ensino e a partir de onde. Propomos o trivium como método propedêutico e fazemos neste trabalho todo um trajeto deste o levantamento do problema enfrentado pelos professores de filosofia até uma possível solução. Na introdução apresento dados relativos aos exames realizados pelo MEC e pelo PISA, para os alunos da educação básica, com enfoque na (o) 8ª/9°, de um modo geral, e na Escola Estadual Hortêncio Diniz (escola onde atuo como professor de filosofia), de um modo específico. No primeiro capítulo apresento o programa norteador do MEC em relação à sua avaliação, e as três artes do trivium que estão em consonância com o programa. No segundo capítulo, abordo historicamente o trivium, o método e as implicações do uso do trivium como método propedêutico para uma educação liberal e para o ensino de filosofia. No terceiro capítulo, peço uma licença filosófica para refletir um pouco mais a relação entre filosofia e educação.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Filosofiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIApor
dc.publisher.departmentCiências Humanaspor
dc.publisher.initialsUFUpor
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.14393/ufu.di.2011.106-
dc.orcid.putcode81762489-
dc.crossref.doibatchid80117cfb-5c18-4069-9e9b-71788a7d163f-
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Sergei.pdf1.22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.