Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26398
Tipo do documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Título: Construção de um artefato para o museu: Brincando no Poço Infinito
Autor(es): Fernandes, Hugo Freitas
Primeiro orientador: Santos, Silvia Martins dos
Primeiro membro da banca: Cavalheiro, Ademir
Segundo membro da banca: Takahashi, Eduardo Kojy
Resumo: O estudo da óptica geométrica em sala de aula quase sempre se resume a esquemas matemáticos e eventualmente o uso de alguns objetos simples como espelhos para ilustrar as aulas sobre reflexão da luz. Assim, os alunos têm pouco contato com efeitos ópticos mais complexos, mas que fazem parte da vida em uma sociedade tecnológica. No mundo em que vivemos hoje necessitamos de maneiras para fazer com que as pessoas tenham interesse na busca de conhecimento. Os museus têm uma função importante no auxílio da divulgação, aquisição, exposição e conservação do saber, assumindo um importante papel. Pensando nisso, este trabalho teve o intuito de criar um artefato, o Poço Infinito, para traduzir a óptica geométrica para uma linguagem mais divertida e informal. A confecção do artefato teve como objetivo auxiliar a divulgação científica, mais especificamente a óptica geométrica de uma forma menos burocrática. Para isso, o brinquedo foi feito com o intuito de se tornar parte do acervo de experimentos de física do Museu DICA. A primeira oportunidade de exposição do “Poço Infinito” ocorreu no evento “5° Brincando Aprendendo”. Posteriormente, o objeto passou por uma reforma e foi novamente exposto, desta vez já encaminhado para seu proposito final, junto com equipamentos da Exposição itinerante do Museu DICA no evento “SBCP vai à Escola”, após o evento foi feita uma entrevista com os monitores do museu, sobre aspectos positivos e negativos do Poço Infinito. Pudemos identificar que o Poço Infinito se tornou um objeto que atrai a atenção e curiosidade do público, por realizar um efeito dado como usual, mas que provoca o interesse agregando positivamente os objetivos da Exposição itinerante do Museu DICA.
Palavras-chave: Poço infinito
Ensino de Física
Museus de ciências
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICA
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::MUSEOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editora: Universidade Federal de Uberlândia
Referência: FERNANDES, Hugo Freitas. Construção de um artefato para o museu: Brincando no Poço Infinito. 2018. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Física) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26398
Data de defesa: 28-Mai-2018
Aparece nas coleções:TCC - Física (Licenciatura)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ConstruçãoUmArtefato.pdf1.18 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons