Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31590
ORCID:  http://orcid.org/0000-0001-7569-5239
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Embargado
Embargo Date: 2022-12-15
Title: Das relações entre poder soberano e biopoder: o direito de vida e morte atualizado no poder político moderno
Alternate title (s): On the relations between sovereign power and biopower: the updated right to life and death in modern political power
Author: Magalhães, Lorena Fernandes
First Advisor: Amitrano, Georgia Cristina
First member of the Committee: Silveira, Fillipa Carneiro
Second member of the Committee: Lobo, Rafael Haddock
Summary: Esta pesquisa, produto do acúmulo teórico dos últimos dois anos, busca ser o início de uma leitura referente ao modo como o poder, por meio dos estudos de ordem genealógica, se configura ao longo da história das sociedades ocidentais e como suas relações são efetivamente estabelecidas. O interesse é lançar luz ao modo como na modernidade um dos privilégios característicos do poder soberano manifesta-se e atualiza-se no poder político moderno, e para isso, o texto segue a proposta de dois momentos. No primeiro, os conceitos de genealogia e microfísica que são substanciais para identificação de formas de poder cada vez mais novas, organizadas e eficazes somado à apresentação das chamadas tecnologias de poder demarcando o que lhes é distinto e sendo essa a condição para a identificação do que lhes é também comum; No segundo, a compreensão do racismo como elemento vital dentro da lógica do biopoder moderno, conduzindo a reflexão para o estabelecimento de um corte, uma fratura social interna que justifique atuações em favor um certo grupo e contrária a outro.
Abstract: The presente work, result of the readings and reserches made in the last period, seeks to be the threshold of a study regarding the way in which power, through the study of the genealogy, is configured throughout the history of western societies and the relationships established, effectively, among them. The interest is to clarify on how, in modern societies, one of the characteristic privileges of sovereign power is manifested and updated in modern political power. Therefore, the work follows the proposal of two moments; in the first, the concept of genealogy to identify the articulations of new forms of power with the presentation of the technologies of power demarcating what is different to them and this being the condition for the identification of what is also common to them; in the second, the understanding of racism as a vital element in the logic of modern biopower, leading to reflection for the internal social fracture that justifies actions in favor of a certain group and contrary to another.
Keywords: soberania
poder disciplinar
biopolítica
biopoder
racismo
sovereignty
disciplinary power
biopower
racism
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Subject: Filosofia
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Filosofia
Quote: MAGALHÃES, Lorena Fernandes. Das relações entre poder soberano e biopoder: o direito de vida e morte atualizado no poder político moderno. 2020. 68 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. DOI http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.779.
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.779
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31590
Date of defense: 15-Dec-2020
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RelaçõesEntrePoder.pdf
  Until 2022-12-15
Dissertação1.25 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.