Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/32982
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-7260-5688
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Embargado
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States
Embargo Date: 2023-10-07
Title: Propriedades biomecânicas de composto resinoso nanohíbrido impresso em 50 e 100 μm em dispositivo CAD/CAM
Alternate title (s): Biomechanical properties of a nanohybrid resin composite 3D-printed at 50 and 100 μm
Author: Alvares, Larissa Ayres Scagliarini
First Advisor: Zancopé, Karla
First coorientator: Borella, Paulo Sérgio
First member of the Committee: Oliveira, Guilherme José Pimentel Lopes de
Second member of the Committee: Davi, Letícia Resende
Summary: Os compostos resinosos nanohíbridos utilizados para impressões 3D em dispositivos CAD/CAM podem ser indicados para restaurações definitivas. De acordo com o fabricante, esse material é biocompatível com os tecidos orais e possui resistência à fratura aceitável. Apesar disso, suas propriedades biomecânicas ainda são pouco discutidas na literatura. Objetivou-se, então, com este trabalho, avaliar o efeito da espessura de impressão na resistência flexural, no módulo de elasticidade, na dureza Vickers, no grau de conversão e na rugosidade de superfície do composto resinoso nanohíbrido (Nanolab 3D, Wilcos) impresso em 50 e 100 μm, além de caracterizar a morfologia e distribuição das cargas inorgânicas na matriz. Vinte barras medindo 25x2x2 mm foram divididas entre os seguintes grupos: impressão em 50 μm (n=10) e impressão em 100 μm (n=10). Os espécimes foram submetidos ao ensaio de flexão de três pontos (ISO 4049:2019), ao ensaio de dureza Vickers, à espectroscopia Raman e à microscopia confocal de escaneamento a laser. Para avaliar a influência dos diferentes parâmetros de impressão, o teste de normalidade Shapiro-Wilk foi aplicado, seguido pela análise de variância em fator único para determinação das diferenças entre as médias dos grupos. Todos os testes foram realizados com nível de confiança de 95%. Os espécimes impressos em 50 e 100 μm apresentaram, respectivamente, médias de 114.7 ± 12.0 e 93.4 ± 13.5 MPa (p=0.002) para a resistência flexural, 9.1 ± 1.1 e 9.3 ± 1.8 GPa (p=0.789) para o módulo de elasticidade, 35.2 ± 1.3 e 33.3 ± 1.4 HV (p=0.007) para dureza Vickers, 55.2 ± 8.3 e 55.9 ± 6.1% (p=0.833) para grau de conversão e 0.33 ± 0.12 e 0.30 ± 0.06 µm (p=0.478) para a rugosidade de superfície. As diferentes espessuras de camada (50 e 100μm) possuem influência na resistência flexural e na dureza Vickers.
Keywords: Biomecânica
Resina Composta
Impressão em 3D
CAD/CAM
Restauração Dentária Permanente
Resistência à Fratura
Módulo de Elasticidade
Testes de Dureza
Espectroscopia Raman
Microscopia Confocal de Varredura Laser
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::MATERIAIS ODONTOLOGICOS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: ALVARES, Larissa Ayres Scagliarini. Propriedades biomecânicas de composto resinoso nanohíbrido impresso em 50 e 100 μm em dispositivo CAD/CAM. 2021. 18 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2021.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/32982
Date of defense: 7-Oct-2021
Appears in Collections:TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PropriedadesBiomecânicasComposto.pdf
  Until 2023-10-07
Trabalho de Conclusão de Curso460.1 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons