Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/33042
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Embargado
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States
Embargo Date: 2023-10-06
Title: Efeito do fracionamento e de diferentes doses de radiação ionizante na composição química da dentina
Author: Batista, Pedro Henrique Mauro
First Advisor: Simamoto, Veridiana Resende Novais
First coorientator: Miranda, Rafael Resende de
First member of the Committee: Novais, Veridiana Resende
Second member of the Committee: Soares, Carlos José
Summary: A radioterapia é uma modalidade terapêutica rotineiramente utilizada no tratamento de neoplasias de cabeça e pescoço, com doses que variam de 50 a 70 Gy, fracionadas de 1,8 a 2 Gy diários. Dependendo da localização do tumor, as estruturas dentárias podem ser atingidas pela radiação ionizante. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar as propriedades químicas da dentina humana submetida a diferentes doses e protocolos de radiação in vitro. Cinquenta e seis terceiros molares foram divididos em sete grupos (n=8): não irradiado (controle), irradiado em dose única de 30 Gy, dose única de 50 Gy, dose única de 70 Gy, doses fracionadas até 30 Gy, doses fracionadas até 50 Gy, doses fracionadas até 70 Gy. Os dentes foram seccionados e os espécimes de dentina avaliados por Espectroscopia Infravermelha Transformada de Fourier (FTIR), pela técnica de Reflexão Total Atenuada (ATR). Foram avaliados os componentes químicos fosfato, carbonato, amida I, amida III e CH2 e as razões mineral/matriz (M:M), carbonato/mineral (C:M), amida I/amida III e amida I/CH2. One-way ANOVA seguida pelo teste de Dunnett comparou cada grupo teste com o controle. Houve diferença significativa para os valores de carbonato entre o controle e o irradiado fracionado até 70 Gy (p=0,002), assim como na razão C:M (p<0,001) e amida I/amida III (p=0,014). Excluindo o grupo controle, Two-way ANOVA foi feita para verificar diferenças nos fatores fracionamento e dose de radiação, seguida pelo teste de Tukey. Houve diferença estatística na razão C:M para o fator dose (p<0,001) e interação entre fracionamento e dose (p=0,015). Dentro dos grupos fracionados, teste de Tukey revelou diferenças entre as doses de 30 e 70 Gy (p<0,001) e 50 e 70 Gy (p<0,001), com o grupo de 70 Gy apresentando maiores valores de C:M. Já na razão amida I/amida III também houve diferença estatística, mas apenas para o fator fracionamento (p=0,018). Dentro dos grupos de 70 Gy, o grupo fracionado apresentou menor razão amida I/amida III do que o grupo de dose única (p=0,002). Portanto, a dose de 70 Gy aplicada de forma fracionada resultou em alterações na composição química da dentina. Doses de 30 e 50 Gy não causaram alterações significativas na dentina, independentemente do fracionamento. A radiação ionizante aplicada em dose única não produziu alterações químicas na dentina, independentemente da dose.
Keywords: Análise química
Dentina
Espectroscopia
Radioterapia
Chemical analysis
Dentin
Spectroscopy
Radiotherapy
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: BATISTA, Pedro Henrique Mauro. Efeito do fracionamento e de diferentes doses de radiação ionizante na composição química da dentina. 2021. 26 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal De Uberlândia, Uberlândia, 2021.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/33042
Date of defense: 6-Oct-2021
Appears in Collections:TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitoDoFracionamento.pdf
  Until 2023-10-06
1.49 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons