Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/35226
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorInocêncio, Gabriel Santiago Giuglio-
dc.date.accessioned2022-07-06T17:21:08Z-
dc.date.available2022-07-06T17:21:08Z-
dc.date.issued2022-06-10-
dc.identifier.citationINOCÊNCIO, Gabriel Santiago Giuglio. Ácido desoxicólico na redução da gordura submentual: avaliação da eficácia, segurança e viés de patrocínio da indústria. 2022. 54 f. Dissertação (Mestrado em Clinica Odontológica Integrada) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2022. DOI http://doi.org/10.14393/ufu.di.2022.328pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/35226-
dc.description.abstractObjective: To evaluate the efficacy of deoxycholic acid in reducing submental fat and assess the measures of safety results and industry sponsorship. Methodology: A systematic review was performed according to the PRISMA recommendations for describing the study, and a protocol was registered in the PROSPERO database. Seven main databases (MedLine via PubMed, SciELO, LILACS, Embase, Scopus, Web of Science, and the Cochrane Library) were extensively searched. The OpenGrey, OpenThesis, and OATD databases partially searched the gray literature. Randomized controlled trials were included in this review without restrictions on language and year of publication. Two reviewers extracted the data and assessed the individual risk of bias in the eligible studies with the Cochrane Collaboration's Risk of Bias Tool (RoB, version 2.0). The industry sponsorship bias was evaluated according to citations in the articles regarding industry funding/sponsorship throughout the texts, the presence of a conflict of interest statement, acknowledgments, and connections between the authors and the industry that manufactures the product. Results: The initial search resulted in 5756 titles, of which only five met the eligibility criteria and were included in the qualitative analysis and meta-analysis. The studies were published between 2014 and 2019. Only two studies had a low risk of bias for efficacy and safety results. When assessing the industry sponsorship bias, all studies reported having received funding or sponsorship from companies and explained the type of sponsorship. According to the meta-analysis, patients treated with deoxycholic acid showed significant positive results for all efficacy outcomes and a higher risk of fibrosis, pain, erythema, numbness, swelling, edema, pruritus, nodules, headache, and paresthesia. Conclusions: Based on low and moderate certainty of evidence, the studies showed a positive effect regarding the efficacy of deoxycholic acid, regardless of the dose. There were adverse effects of low magnitude and very tolerable. All studies showed industry sponsorship bias. Independent clinical studies are encouraged.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Embargadopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectÁcido Desoxicólicopt_BR
dc.subjectDesoxicolatopt_BR
dc.subjectDesoxicolatopt_BR
dc.titleÁcido desoxicólico na redução da gordura submentual: avaliação da eficácia, segurança e viés de patrocínio da indústriapt_BR
dc.title.alternativeDeoxycholic acid for submental fat reduction: assessment of efficacy, safety, and industry sponsorship biaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1Paranhos, Luiz Renato-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8091325418384084pt_BR
dc.contributor.referee1Silva, Marcelo Caetano Parreira da-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1762939357679006pt_BR
dc.contributor.referee2Martinez, Elizabeth Ferreira-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8672890018200588pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5876102117193962pt_BR
dc.description.degreenameDissertação (Mestrado)pt_BR
dc.description.resumoObjetivo: Avaliar eficácia do ácido desoxicólico na redução da gordura submentual, além da avaliação das medidas de resultado de segurança e do patrocínio da indústria. Metodologia: Foi realizado uma revisão sistemática seguindo as recomendações PRISMA para descrição da revisão, e um protocolo foi registrado na base de dados PROSPERO. Uma ampla busca foi realizada em sete bases de dados principais (MedLine via PubMed, SciELO, LILACS, Embase, Scopus e Web of Science, Cochrane Library). As bases OpenGrey, OpenThesis e OATD foram utilizadas para busca parcial na “literatura cinzenta”. Ensaios clínicos randomizados foram incluídos nesta revisão sem restrição de idioma e ano de publicação. Dois revisores realizaram a extração dos dados e avaliação do risco de viés individual dos estudos elegíveis utilizando a ferramenta Cochrane Collaboration’s Risk of Bias Tool (RoB, version 2.0). O viés de patrocínio da indústria foi avaliado de acordo com a menção nos artigos em relação ao financiamento/patrocínio da indústria ao longo do texto – presença de declaração de conflito de interesse, agradecimentos e vínculo dos autores com a indústria fabricante do produto. Resultados: A busca inicial resultou em 5756 registros, dos quais apenas 5 artigos atenderam aos critérios de elegibilidade e foram incluídos na análise qualitativa e meta-análise. Os estudos foram publicados entre 2014 e 2019. Somente dois estudos apresentaram "baixo risco de viés" tanto para resultados de eficácia quanto de segurança. O viés de patrocínio da indústria foi avaliado e todos os estudos declararam ter recebido financiamento ou patrocínio por empresas e explicitou o tipo de patrocínio. A meta-análise revelou que pacientes tratados com ácido desoxicólico apresentaram resultados positivos significativos em todos os desfechos de eficácia e apresentam risco maiores de fibrose, dor, eritema, dormência, inchaço, edema, prurido, nódulo, dor de cabeça e parestesia. Conclusões: Baseado em uma baixa e moderada certeza de evidência, os estudos mostraram efeito positivo em relação a eficácia do ácido desoxicólico independente da dose utilizada. Foram apresentados efeitos adversos que se demonstraram de baixa magnitude e bem toleráveis. O viés de patrocínio da indústria foi identificado em todos os estudos. Estudos clínicos independentes são encorajados.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Odontologiapt_BR
dc.sizeorduration54pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIALpt_BR
dc.embargo.termsArtigo submetido a periódico.pt_BR
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.14393/ufu.di.2022.328pt_BR
dc.crossref.doibatchidfeae1113-265a-48f7-82cb-2b3d64b500fb-
dc.subject.autorizadoOdontologiapt_BR
dc.subject.autorizadoMateriais dentáriospt_BR
dc.description.embargo2024-06-10-
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ÁcidoDesoxicólicoRedução.pdf
  Until 2024-06-10
1.9 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons